Volta à Página Principal Veja as últimas Notícias sobre a Obesidade Sites de Assuntos Relacionados

 

Adriana Ribeiro Prugner


BELO HORIZONTE - MG

Data da Cirurgia
27/04/2004

Médico:
Dr. Marcelo Wagner Farah


Hospital Mater Dei
Belo Horizonte

Técnica: Capella com anel
Aberto
Plano de Saúde
Cassi

Peso anterior: 105 kg
Peso atual: 65 kg
Altura: 1,60

 

DEPOIMENTO

Por que resolveu operar?
Sofria com a obesidade desde pelo menos uns 8 anos de idade, ou seja, mais de 20 anos gorda! Tentei de tudo para emagrecer...minha vida era ir atrás dessas milagrosas novidades para perder peso...regimes, dietas, chás, simpatias, remédios, fórmulas, massagens, tratamentos, do-in, etc, etc, etc....Vocês não podem imaginar...tudo que se ouvia falar, por mais maluco que fosse eu tentava...Muitas coisas até deram ótimos resultados, como vigilantes do peso e muita ginástica....mas era só voltar a rotina anterior que recuperava tudo!
Os problemas emocionais tomavam conta da minha vida...para o gordo, tudo é conseqüência da sua obesidade...A saúde, ia se deteriorando...primeiro quadro freqüente de hipertensão arterial - várias idas ao hospital, prestes a ter um derrame com 30 anos de idade...depois hipotireoidismo...devio de coluna, apnéia de sono...pedra na vesícula..Credo! Parece filme de terror ou um daqueles dramas chorosos, hehehe... Quando vi meus filhos indo pelo mesmo caminho, decidi que já não dava mais....precisávamos todos mudar e quem iria começar seria eu mesma!!!

Como se preparou para a cirurgia?
Foi tudo muito rápido...Fui consultar um médico apenas por curiosidade e por indicação de um amigo que havia feito a cirurgia e se saíra muito bem. Foi engraçado, cheguei no consultório cogitando com o médico (Dr. Marcelo Wagner Farah) fazer a operação nas minhas férias, que seriam pelo menos 8 meses depois...Dr. Farah me passou tanta segurança, foi tão objetivo que em menos de uma semana já estava com a primeira bateria de exames realizada e pronta para dar continuidade ao processo o mais rápido possível...queria esperar somente a Páscoa (dá pra acreditar?) Apesar de ter feito tudo de forma ágil, não foi um processo simples...fiz muitos exames de sangue, acho que uns 57 mais ou menos... tive consultas com pelo menos 9 médicos diferentes de várias especialidades: pneumologista, hematologista, cardiologista, nutricionista, ginecologista, psicólogo, psiquiatra, endocrinologista, fisioterapeuta, fora várias consultas com minha clínica geral, que me acompanhou durante todo o processo como uma grande amiga (lhe sou muito grata!)...Foi tudo bem examinado, bem acompanhado...me senti muito segura com tudo isso, até meu endocrinologista de infância, que me atendeu durante anos em Curitiba (PR) deu seu parecer! Não era novata em cirurgias, anteriormente fiz duas cesáreas, uma punção de medula e retirei o baço e nunca tive um pré operatório tão completo...

Conte como foi a sua cirurgia.
Como estava tão decidida, não tive aquelas dúvidas comuns a quem opera...Entrei animada demais, minha mãe disse que parecia que estava indo para o salão de beleza! A cirurgia correu muito bem e pelo que fiquei sabendo não houveram complicações de espécie alguma. Tenho uma lembrança de uma grande dificuldade para respirar no momento em que voltava da anestesia...Mas isso é apenas uma lembrança, não sei nem mesmo se aconteceu de verdade...

Como foi o seu pós-operatório?
Graças a Deus meu pós operatório foi muito tranqüilo...Nos primeiros dias tinha medo até de tomar água, mas aos poucos fui descobrindo meus limites, o que podia e o que não podia...Resumindo em números: em 3 dias estava em casa, no quarto dia fui ao supermercado fazer compra para mês, em 10 dias voltei a trabalhar e em 15 dias retomei minha vida sexual (hehehe, fazer o que?) e voltei a dirigir. Um mês depois estava praticando exercícios físicos mais leves e em 3 meses já malhava valendo!

Como esta sua vida agora?
Acho quase impossível conseguir expressar claramente tudo que muda...É claro que os problemas não deixam de existir...eles continuam lá, a nos desafiar...O que muda é a ótica...a intensidade com que eles nos atingem...É maravilhoso se olhar no espelho e sentir: essa sou eu! Me ver mais bonita, mais feminina, mais mulher e muito mais segura....É fantástico comer na frente dos outros sem imaginar que estão todos te observando...É mais do que bom conseguir comer um chocolatinho sem sentir culpa e melhor ainda ver que esse chocolatinho foi suficiente! Muita coisa mudou: meu guarda roupa está uma gracinha...me sinto muito mais vaidosa, adoro cremes e procuro estar mais antenada com a moda e aprendi a usar roupas que valorizem meu físico hoje...Tenho uma enorme disposição, dificilmente consigo dormir se não fizer meus exercícios diários...Sexualmente é uma loucura...canguru perneta é fichinha...A questão do amor próprio é forte demais, você se sente muito, muito mais seguro e capaz (como se antes não fosse, né?!) em todas as áreas da vida!


Recomenda a cirurgia?
Recomendo muito, muito mesmo...Venho de uma família repleta de gordinhos e sei quanto sofrimento a gordura pode nos causar...Vejo isso nos olhos do meu filho, de 11 anos que já está bem acima do peso...Acho que cada caso é um caso....é preciso ter toda a certeza, estar bem acompanhado, fazer todos os exames necessários, ouvir todos os especialistas possíveis e principalmente é preciso estar psicologicamente muito bem preparado e acompanhado pois "virar" magro é uma delícia, mas não é nada fácil

 

Depoimento Publicado em 16/05/2005

Copyright © EXGORDO 2001-2004
Este site e seu conteúdo são somente de intento informativo e pode não ser adequado a todos usuários. Os usuários deste site devem sempre consultar seu médico antes de tomar qualquer decisão com respeito à sua saúde. Esse depoimento é responsabilidade do autor, não sendo necessariamente a expressão da opinião do Site do Exgordo ou de Cid Penteado Jr.